outubro 11, 2005

Sem esperar

1 comentário:

Alirka disse...

Qualquer coisa nessa imagem transpira Paris. E, também por associação livre, o lugar onde imagino o personagem principal do 1º conto do livro "Contos apátridas" ter parado para descansar depois de finalmente ter encontrado paz.