janeiro 20, 2013

E se o tempo decidir acabar



Uma hora do meu tempo
como se cada hora fosse de alguém,
como se a demora tivesse regras
e raízes.

No terreiro
ao cheiro de queimadas,
a igreja como muro,
acendo-me o relento em repouso
seguro da terra que será meu corpo,
regado todos os serões
como se o tempo fosse dos avós.

Uma hora ou algo redondo assim,
como se cada hora,
como se a demora,
me tivesse a mim.

1 comentário:

Não me esqueças.... disse...

no tempo redondo um esbracejar em tom de oração.

uma hora pode ser tanto tempo na demora de alguém.

(em cinzas o cinzento ressurreição)